Parecer de Contas dos Administradores do Executivo Municipal referente ao ano de 2017 é provado por um voto de diferença

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 07/08/2019 09h30, última modificação 07/08/2019 09h30
Vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei do Poder Executivo que autoriza a concessão de subvenção social à Associação Gaúcha Estanciense – AGE

Na Sessão Ordinária dessa terça-feira, 06, os Vereadores receberam um novo Projeto de lei de autoria do Poder Executivo que dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para elaboração e execução da Lei Orçamentária para o exercício financeiro do ano 2020. O referido projeto foi encaminhado para análise da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) e em seguida da Comissão Especial Fiscalizatória (CEPF).

Ainda durante a noite, os Vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei do Poder Executivo que autoriza a concessão de subvenção social à Associação Gaúcha Estanciense – AGE, viabilizando a realização do rodeio artístico. Também foi aprovado o Parecer de Contas dos Administradores do Executivo Municipal Maria Ivete de Godoy Grade, Luciano André Rodrigues Kroeff com parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, referente ao exercício de 2017, recebendo dos Vereadores quatro votos favoráveis e cinco contrários, sendo então aprovado porque não alcançou os 2/3 necessários para ser reprovado de acordo com a Constituição Federal.

Por fim, os Vereadores apresentaram novos pedidos ao Poder Executivo, que estão à disposição dos estancienses pelo seguinte link:

 https://sapl.estanciavelha.rs.leg.br/materia/pesquisar-materia, onde você pode acompanhar a tramitação de cada matéria legislativa e acompanhar o trabalho de cada parlamentar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados