Cartório Especial de Atendimento à mulher

por Câmara Municipal de Estância Velha publicado 12/03/2019 09h55, última modificação 29/10/2019 15h50
A sala lilás, como é chamado, efetiva uma das políticas públicas voltadas à mulher, vítima da violência doméstica e familiar, que é configurada por qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial.

O dia 08 de março é um dia especial para todas as mulheres, um dia dedicado às suas vitórias e a última sexta-feira, 08, ficou marcada por mais uma conquista, a inauguração do Cartório Especial de Atendimento à mulher. Nessa cerimônia estiveram presentes os Vereadores Marcia Ribeiro, Veridiana Monteiro, Carlos Albino Dietrich, Lotário Seevald e Euclides Tisian. Também estavam presentes a Prefeita Ivete Grade, os representantes do Comdim e demais autoridades.

Em 2017 os Vereadores Lotário Seevald e a Vereadora Veridiana Monteiro haviam encaminhado um Ofício de Gabinete para o delegado Luís Fernando Nunes solicitando a reinstalação do Cartório da Mulher no âmbito da Delegacia de Polícia Civil. A sua reinstalação sempre foi incentivada pela Procuradoria Especial da Mulher, que é composta Vereadoras Marcia Ribeiro e Veridiana Monteiro, respectivamente, procuradora e procuradora vice-presidente da Procuradoria Especial da Mulher (PEM).

Por fim, em 2018 iniciaram as tratativas para a efetivação do cartório, após uma parceria do Delegado de Polícia Luiz Fernando Nunes da Silva com o poder executivo municipal, com o objetivo de proporcionar um espaço e atendimento apropriado para as vítimas. A sala lilás, como é chamado, terá como titular uma mulher, a delega Débora Botta, que acolherá essas mulheres e as auxiliará pôr fim à violência sofrida.

A sala lilás, como é chamado, efetiva uma das políticas públicas voltadas à mulher, vítima da violência doméstica e familiar, que é configurada por qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial.

Mais uma conquista para as mulheres, a sala é sua. Não aceite a violência, denuncie.

 Fórum teste: http://mari-teste.forumeiros.com/

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados